segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Tira Conceito 1

Um comentário:

Mary Day disse...

Além do trema que caiu da palavra preguiça cai também no conceito contemporâneo a tendência viciosa do homem brasileiro para não trabalhar. Trabalho exige esforço, principalmente físico. A nova norma gramatical condiz com a realidade nossa de cada dia. Aqueles dois pontinhos que iam acima da letra “u” davam nos o maior trabalho. Eram perdidos alguns milésimos de segundos importantíssimos, pois quando estávamos digitando certas palavras tínhamos o enorme esforço em apertar e segurar a tecla ‘shift” enquanto alongávamos o dedo indicador da mão esquerda e teclar o trema. Que bom para a nossa memória tão esgotada de informações. Louvemos esses intelectuais da gramática que se esforçaram tanto para facilitar nossa vida. Menos esforços, menos trabalhos mais tempo disponível e principalmente gastando menos energia. Assim somos na escola, no trabalho, nas relações interpessoais, no nosso desenvolvimento intelectual.
Assim existem pessoas que são pagas para desenvolverem maneiras e métodos para que o brasileiro seja um povo fácil de conduzir e tenha todos os meios favoráveis e facilitados direcionando seus conceitos, suas razões e suas idéias.